Porque publicidade social não faz sentido

Quando o Facebook anunciou seu novo sistema de publicidade houve um alvoroço quanto ao futuro da publicidade online e as possibilidades de se realmente ganhar dinheiro com a web 2.0. Bobeira. Publicidade social também não faz sentido, é tão invasiva quanto a publicidade online tradicional.

  • Quando você está no google, você está buscando ou comprando. Clicar no link é a intenção do usuário.
  • Quando você está no buscapé, você está buscando e comprando. Clicar no link é a intenção do usuário.
  • Quando você está em uma rede social você está socializando. Clicar no link não é sua intenção.

Essa é a diferença.

Posts relacionados:

10 Comments »

  1. Rodrigo Fante Said,

    February 17, 2008 @ 11:54

    Esse texto serve como “um” argumento de muitos que devem ser analisados, nao tem como analisar a publicidade de forma tao simplista.

  2. Diogo Said,

    February 17, 2008 @ 12:20

    E quando você esta em um blog e há propaganda? Seguindo seu raciocínio…

  3. renatoshira Said,

    February 17, 2008 @ 13:05

    Rodrigo,
    O ponto central é que a publicidade social se insere em um contexto onde as pessoas querem se socializar e nao serem atingidas por publicidade. Esse é o ponto central, outros fatores são de menor impacto e relevância

    Diogo,
    Quando estou em um blog e vejo propaganda tambem não faz sentido, as pessoas estão cada vez sendo menos influenciadas pela publicidade, salvo nos momentos em que estão propensas a serem atingidas, como ao fazer uma busca.

  4. Felipe Hummel Said,

    February 18, 2008 @ 00:10

    Opa Renato!

    Na verdade, isso é um problema complicado. A publicidade está em muitos lugares que ‘talvez’ não deviam estar. Mas lá estão elas.

    Tem ruas nas grandes cidades que a gente mal vê prédios e construções de tantos outdoors. Muita gente acha feio e não gosta, mas é inegável o fato de olharmos e que acabamos “absorvendo” a propaganda.

    A internet segue mais ou menos a mesma lógica. Em muitos lugares achamos a publicidade chata e deslocada, mas muitas vezes (não sempre) fica difícil não absorver a propaganda.

    É um assunto díficil. Imagem por exemplo o orkut cheio de Adsense…
    O melhor é manter o bom senso. hehe

    Abraço!

  5. renatoshira Said,

    February 18, 2008 @ 00:17

    Olá Felipe

    Obrigado pela contribuição. De fato a publicidade está presente em todos os lugares e as pessoas absorvem parte dela. Mas cada vez mais ela começa a perder a eficiência e começa a ser substituída por campanhas de marketing de experiência e relacionamento.

    Entretanto, o caso da rede social e até mais complicado, já que você está ali normalmente para se socializar, e não está buscando nada, com menor possibilidade, portanto, de ser atingindo por uma campanha publicitária. Achar então que publicidade social é a salvação para a web 2.0 é um absurdo.

  6. Marcos Valadao Said,

    February 18, 2008 @ 04:00

    Olá Renato,

    Achei a análise um pouco superficial como disse o nosso amigo Rodrigo Fante e acredito que publicidade em redes sociais não seja algo tão invasivo como relata este post.

    Se você navega em uma comunidade sobre o Photoshop e nela aparece links patrocinados contextualizados sobre cursos e treinamentos você acaba juntando o útil ao agradável.

    Ninguém entra em um site para ver propaganda, ou seja, você entra em uma rede social para se socializar, você entra em um blog para se informar/entreter, você entra no youtube para assistir videos enfim…

    Não podemos condenar a utilização de publicidade em redes sociais pelo simples fato de você estar lá para “se socializar”, até porque como disse acima em todos os serviços da internet você entra para se utilizar do serviço e não para ver propagandas.

    Abraços
    Marcos Valadao

  7. Marcos Said,

    February 18, 2008 @ 09:21

    Também acho que a publicidade em redes sociais não seja uma coisa condenável … quando participo de grupos de discussão sobre determinado assunto, ou me junto a comunidades, obviamente estou interessado no assunto da comunidade, e produtos, serviços e anúncios relacionados ao assunto certamente são de meu interesse, afinal, mesmo que não compre é bom saber que existe uma promoção ou um lançamento novo de um produto de meu interesse.

  8. Wallysson Said,

    February 26, 2008 @ 18:10

    Olá Renato,

    Pegando o gancho no exemplo do Google, há de se considerar que 1/3 da sua receita vem do Adsense que na grande maioria dos casos são exibidos em sites onde o usuário talvez não esteja “buscando ou comprando”.

    Acredito que o poder a publicidade social está na capacidade de compreender os interesses do usuários e contribuir para um comunicação mais dirigida e com maior relevância.

  9. Internet não combina com Publicidade « Shirakashi Said,

    March 4, 2008 @ 18:02

    [...] a publicidade online. A interrupção da publicidade que funciona muito bem em outras mídias, não funciona na internet. Por isso os links patrocinados fazem sucesso, pois entenderam que o [...]

  10. Luiz Parreira Said,

    March 16, 2008 @ 12:36

    Na minha opinião a publicidade em rede social é intrusiva e o pior é que os caras ainda encomendam pesquisas carissímas a institutos especializados para confirmar o que todo munda já sabe. O usuário não quer ver mais banners e pop-ups quando está no facebook, myspace ou o que seja.

Leave a Comment