A web2.0 é recheada de influência social

A potencialização das interações sociais permitida pela Web 2.0 traz questões que antes eram ignoradas pela maioria das pessoas responsáveis pelos serviços online. Uma delas é a influência social, a influência que sofremos de outras pessoas em nossas opiniões e percepções.

Por muitas vezes, as classificações de usuários em serviços de web 2.0 sofrem influência direta das classificações anteriores de outros usuários. Isso pôde ser observado no Rec6, por exemplo. Notícias com certo número de votos têm mais chances de receber um novo voto. Ou seja, colocar uma notícia com um número fictício de votos, acima das demais, influencia a favor dessa notícia.

Podemos imaginar então o poder da influência social dentro de comunidades virutais, digg, youtube e como esse fator a maioria das vezes ignorado tem agido sobre toda a web 2.0 e talvez possa explicar o surgimento de algumas personalidades e hypes na rede.

.
Leia mais sobre influência social e conheça experimentos interessantes realizados sobre ela nesse post do blog Anotações.

[OFF]

Estarei, como disseram Fabio Seixas, Cardoso e Thiago Melo, no Proxxima 2008

Posts relacionados:

4 Comments »

  1. Walmar Andrade Said,

    February 19, 2008 @ 07:35

    A web é uma rede de pessoas e pessoas são influenciáveis por outras pessoas, logo esse comportamento pode ser tido como natural. As pessoas não trocam de comportamento quando estão conectadas, por isso sempre fui contra essa história de mundos on e off-line.

  2. Rafael Franco Said,

    February 19, 2008 @ 10:01

    Isso permite que processo de “marketização” de alguns assuntos possam ser inicialmente forçados. Algo como empurrar um carro para que depois ele pegue no tranco.

    Rafael Franco
    http://www.consideracoes.com.br

  3. Rodrigo Fante Said,

    February 20, 2008 @ 18:46

    Como ja disseram acima pessoas sao manipulaveis, massas entao…

    Precisa de um algoritmo bastante complexo para evitar fraudes, ainda estamos engatinhando… mas quem sabe em breve…

  4. tomas Said,

    February 23, 2008 @ 11:49

    Ainda não sabemos muito o que é a “web 2.0″ então a medida que temos mais percepção como essa que você descreveu no post devemos adequar os sistemas para ela.

    Como por exemplo, para o caso citado por você, melhorando o algoritmo de votação (assim como o Rodrigo citou) de modo que os votos nas notícias que estão na capa tenham menos peso do que os votos nas que não estão na capa e etc… isso vale para os outros insights que surgirem, de modo que possamos ter uma web realmente colaborativa e a prova de fraudes e influência de interesses de terceiros.

Leave a Comment