Os mitos da Web 2.0

web2.jpeg

1. Na Web 2.0 todos geram conteúdo

Mentira. Na web 2.0, 1% gera conteúdo, 10% interage, e 89% apenas consome. Estou cansado de ver sistemas que esperam que todos usuários interajam de alguma forma. Além disso 1% das pessoas é muita gente.

2. Na Web 2.0 as pessoas gostam de se ajudar.

Mentira. As pessoas interagem por motivos pessoais, seja um por reconhecimento ou por um ganho específico pessoal. Não espere que elas façam algo sem a esperança de ganharem algo em troca.

3. Na Web 2.0 o segredo é o mercado de nicho.

Mentira. Os grandes players da Web 2.0, com algumas exceções, não são exatamente de mercados de nicho. Para atacar nichos, deve-se escolher uma cauda longa o suficiente para se ter alguma escala. Criar uma comunidade para “pescadores do mar mediterrâneo” não vai resultar no novo Google.

Posts relacionados:

13 Comments »

  1. Walmar Andrade Said,

    February 22, 2008 @ 07:32

    Prefiro ver por outras perspectiva:

    1. Na Web 2.0 todos podem gerar conteúdo
    2. Ajudar – mesmo com o objetivo de se promover ou ter algum ganho específico- não deixa de ser ajudar
    3. Depende da definição de nichos. O YouTube atua no segmento de vídeos, o Flickr no de fotos, o delicious no de social bookmark… os serviços que tentam ser muito abrangentes realmente geralmente não têm tanto suceso.

  2. Frank Marcel Said,

    February 22, 2008 @ 08:30

    Concordo com o Walmar. Acho que você exagerou.

  3. Diego Monteiro Said,

    February 22, 2008 @ 09:40

    Oi Walmar,

    1) A idéia do Renato foi essa mesma, é só dar uma olhada no artigo que eu escrevi no Globo linkado nesse post… em que eu digo que o legal não é todo mundo escrever, mas a POSSIBILIDADE DE TODOS PARTICIPAREM, é uma POSSIBILIDADE de democracia incrível independente das pessoas usarem ou não!

    2) Concordo com você.

    3) Nicho não depende da definição não… nicho é nicho, e segmento é segmento (como você mesmo escreveu em seu comentário)! videos e fotos nunca podem ser considerados nichos, talvez nem segmentos (pra mim videos e fotos é massa) social bookmarks daí sim é segmento, que mesmo assim é bem diferente de nicho!

  4. Carlos ABS Said,

    February 22, 2008 @ 11:00

    É tudo uma questão de carisma e incentivo.

    Se o site tem uma boa imagem com os usuários, que se identificam com a ideologia/conteúdo do mesmo, eles vão ajudar.

    E nada como um bom incentivo, que pode ser financeiro ou na forma de reconhecimento.

  5. O que é coworking? | Boombust Said,

    February 22, 2008 @ 11:34

    [...] que entre os mitos da web 2.0 pode-se acrescentar o de que a interação virtual é tudo. Não é. Nada substitui o [...]

  6. amendoin Said,

    February 22, 2008 @ 16:48

    esse cara parece o novo deus hahah tudo que ele fala , e descrito como maior verdade do mundo…
    putz

  7. Daniel Accorsi Said,

    February 22, 2008 @ 17:00

    Apoiando Walmar Andrade.

  8. renatoshira Said,

    February 22, 2008 @ 18:50

    Walmar
    Considero seu ponto de vista, mas não acredito que seja um contra-argumento ao meus pontos. Seu argumento para o item 1 não invalida o meu. O segundo, também, pois meu argumento é que as pessoas interagem por motivos pessoais e não globais. Agora no terceiro, me referi a nichos e não segmentos, como dises o Diego no comentário após o seu.

    Frank e Daniel
    Respeito o apoio de vocês, afinal, a maioria das pessoas se limita a apoiar o senso comum.

    Amendoin
    Por favor, leia a coluna da direita do blog.

  9. Felipe Hummel Said,

    February 24, 2008 @ 21:19

    Dá um bom post a diferença entre nicho e segmento.
    Alguém se habilita?

    Boas idéias Renato.

    Abraço!

  10. amendoin Said,

    February 28, 2008 @ 10:12

    heheh desculpa apos ler aquilo
    notei que estava
    errado
    parabens pela atitude

  11. Iuri Lammel Said,

    February 29, 2008 @ 22:04

    Segmento é a divisão do público por certas categorias. Exemplo: divisão por idade (crianças, adultos jovens, adultos, idosos), por sexo, estado civil etc. Já o nicho é a divisão do mercado, e cada divisão pode reunir um um mais segmentos. Alguns profissionais de marketing chamam os nichos de segmento de mercado, por isso que há grande confusão. Mas geralmente o segmento é menor que o nicho.

    Acredito que o Youtube não atinge nichos específicos, pois é um site que oferece um serviço mais universal. Na verdade ele oferece apenas um suporte/mídia (o vídeo), que pode ser utilizado pra qualquer nicho/segmento.

  12. Noelir Said,

    March 28, 2008 @ 12:05

    Afrodite

  13. Fábio Martins Said,

    April 15, 2008 @ 21:32

    Nicho é o refinamento da segmentação. Atinge indivíduos com características comuns muito específicas e peculiares. O nicho permite à empresa atuar em um grupo específico, dentro do segmento definido.

Leave a Comment